Publicado por: descobrindoomar | agosto 19, 2009

Lixo, um novo conceito!

O resíduo sólido, ou simplesmente “lixo”, é todo material sólido ou semissólido indesejável; que necessite ser removido; considerado inútil e descartado em qualquer recipiente designado para isto. O conceito de lixo é extremamente relativo, o considerado lixo para alguém pode não sê-lo para outra pessoa; pode ser transformado em um novo produto ou novo processo; gerar lucro, empregos e evitar desperdício de recursos naturais. Por isso deve-se reavaliar o conceito do que deve ou não ser descartado. Nesse sentido, a ideia do reaproveitamento é um convite à reflexão do conceito clássico de lixo. É como se o lixo pudesse ser classificado como tal somente quando inexiste alguém que enxergue e atribua uma nova função ao elemento considerado lixo.
Com o crescimento das cidades e da quantidade de lixo, crescem também a incidência de problemas ambientais decorrentes do mau direcionamento deste, e os impactos negativos sobre as condições de saúde e qualidade de vida da população, principalmente da que se localiza nas periferias dos países em desenvolvimento, para onde a maioria dos resíduos continua sendo encaminhado.                                                                                                                                          Segundo um estudo patrocinado pelo Banco Mundial, a produção total de lixo no mundo no ano de 1990 foi de 1,3 bilhões de toneladas, uma média de 0,66 Kg/habitante/dia, sendo os países desenvolvidos os maiores responsáveis por esse número. No cenário mundial, nota-se uma relação direta entre renda per capita e produção de lixo por habitante; quanto maior a renda per capita do país, maior é a produção de lixo por habitante.
No Brasil, de acordo com a Pesquisa Nacional de Saneamento Básico – PNSB (2000), são coletados cerca de 228.413 toneladas de lixo diariamente, sendo que 125.258 toneladas são resíduos domiciliares. Dos resíduos sólidos domiciliares, mais de 50% são materiais orgânicos. A média diária de produção de resíduos sólidos por habitante segundo a PNSB  é de 0,74 Kg, sendo a região sudeste a maior produtora com de 62% da produção brasileira de resíduos sólidos, com uma produção diária por habitante de 1,3 Kg.
Uma das características que dificultam a resolução dos problemas gerados pelo lixo é o tempo de decomposição desse material na natureza. Mesmo existindo tecnologias para o tratamento e eliminação/transformação do lixo, como aterros sanitários, incineradores e técnicas de tratamento mecânico-biológico, o lixo no planeta continua aumentando. A tabela abaixo mostra o tempo que alguns materiais levam para se decompor.

Figura1
Diante dessa situação, fica clara a importância da conscientização da população para revertermos esse quadro. Com a educação ambiental, pode-se reduzir muito esse tipo de poluição. A atitude de reduzir o uso de plástico no dia a dia e realizar a reciclagem desse material é de grande ajuda, pois reduz a quantidade do material despejado. A principal atitude a ser tomada é a de não jogar o lixo nas ruas, rios ou praias, pois o plástico pode ser transportado até os oceanos causando sérios danos ambientais.

Segue abaixo algumas atitudes que colaboram para a minizar os problemas causados pelo lixo:
• Consumo consciente: Evitar o desperdício, além de reduzir os custos mensais da família, esta atitude pode salvar o mundo;
• Separação do lixo: Esta atitude facilita a reciclagem e o tratamento posterior do lixo. Em casa, separe o lixo seco (plástico, vidro, papel, garrafa pet) do lixo úmido (restos de alimento ou matéria orgânica) antes de dispô-lo para a coleta;
• Reutilização: Reutilize embalagens plásticas para armazenar alimentos ou para outras finalidades;
Evite sacolas plásticas: Você sabia que cerca de 27% de todo lixo plástico encontrado nos oceanos é sacola plástica? Por isso, quando for ao mercado, leve uma bolsa ou mochila para armazenar suas compras

About these ads

Responses

  1. O lixo deve ser reciclado corretamente, caso contrário a vida marinha inteira será afetada.

    E.E. Profª Amenaíde Bagra De Queiroz…. 2ºC Nº 42

  2. O Brasil produz aproximadamente 100 mil toneladas de lixo por dia.

    Imagine uma fila de caminhões de lixo de 5 toneladas de capacidade, ocupando
    uma distância equivalente a 10 Pontes Rio-Niterói …

    Em algumas cidades brasileiras quase a metade do lixo não é coletado e sim atirado de
    qualquer maneira nas ruas, em terrenos baldios, em rios, lagos, no mar etc.

    Os resíduos jogados pelas janelas dos carros e ônibus entopem os bueiros e, nas épocas de chuva, acabam provocando alagamentos!!!

  3. O lixo esta sendo muito jogado nos mares e prejudicando a vidas dos animais os seres humanos deveriam jogalo no lugar correto no lixo para nao afetar as vidas dos animais marinhos.

  4. Se as pessoas tomassem conciencia e pelo menos separar o lixo alguns lixos demoram até séculos pra se decomporem. contribuindo com o aceleramento do aquecimento global.

    E.E Amenaide b. De Queiroz

  5. Grande parte do lixo que são jogados são reaproveitados( reciclados), transformado em um novo produto ou novo processo que se pode gerar lucro, empregos e evitar desperdício de recursos naturais, que é o principal para o meio ambiente.Os problemas que ocorrem na minha cidade, são mais ocorridos por enchentes causadas pelo lixo em excesso que acaba impedindo a corrente de água fazer o seu trajeto normal, causando assim perdas materiais e até em mortes.

    E. E. Profª Amenaide Braga de Queiroz
    nº 33 3ºC


  6. Deveriamos pensar muito antes de jogar uma garrafa, sacola plastica ou simplesmente um papel de bala no chão pois ele poderá ir para o rio perto de sua casa e depois chegar ao mar, causando problemas gravissimos a especies marinhas como no caso de tartarugas marinhas que são encontradas com plastico no estômago dentre outras coisas .

    Abel Junior Nº 01 2ºC
    E.E Profª Amenaide Braga De Queiroz

  7. Sei que quando colocamos sal na água, ela fica concentrada. Mas não entendi muito bem o por que disso.
    OBRIGADO!

  8. - Para substituir as sacolas/sacos plasticos usados para os lixos orgânicos qual seria o material ecologicmente correto?

    • Stefany, já existe uma solução para as sacolas plásticas. São sacolas biodegradáveis fabricadas com fibras vegetais. Estas sacolas levam bem menos tempo para se decompor, cerca de 18 meses. Porém, estas sacolas ainda não são financeiramente compensatórias mas já estão sendo vendidas hoje em dia.

  9. o blog é bom e trata de uma coisa que a sociedade não cuida

  10. Uma ”garrafa pet” demora muito para se decompor,e nós podemos ajudar jogando ”lixo no lixo” até porque é pra isso que tem lixeiras na cidade.

  11. Uma ”garrafa pet” demora muito para se decompor,e nós podemos ajudar jogando ”lixo no lixo” até porque é pra isso que tem lixeiras na cidade.

  12. As principais causas são os diversos danos físicos aos animais e muitas outras coisas , como a prejudicação e poluição do meio ambiente . Pode ocorrer enroscamento , estrangulamentoe aprisionamento de organismos . Os lixos ingeridos pelos animais bloqueiam a secreção de enzimas , baixam os níveis de hormônio , atrasam a ovulação , gera falhas reprodutivas ou podem também obstruir o aparelho degestivo dos animais , principalmente de aves e tartarugas .

  13. As principais causas são os diversos danos físicos aos animais e muitas outras coisas , como a prejudicação e poluição do meio ambiente . Pode ocorrer enroscamento , estrangulamentoe aprisionamento de organismos . Os lixos ingeridos pelos animais bloqueiam a secreção de enzimas , baixam os níveis de hormônio , atrasam a ovulação , gera falhas reprodutivas ou podem também obstruir o aparelho degestivo dos animais , principalmente de aves e tartarugas . Sim , pois se nós , nos alimentarmos de animais marinhos contaminados , poderemos nos contaminarmos .

    • O principal processo , será a poluição e o aquecimento global . Porque cada vez mais a situação do planeta terra está ficando com uma pior situação . O aumento do nível dos oceanos , o derretimento das calotas polares , e o desmatamento e extinção de espécies .

      Nome:Thamires Ribeiro N°42 2°B

  14. As principais causas são os diversos danos físicos aos animais e muitas outras coisas , como a prejudicação e poluição do meio ambiente . Pode ocorrer enroscamento , estrangulamentoe aprisionamento de organismos . Os lixos ingeridos pelos animais bloqueiam a secreção de enzimas , baixam os níveis de hormônio , atrasam a ovulação , gera falhas reprodutivas ou podem também obstruir o aparelho degestivo dos animais , principalmente de aves e tartarugas . Sim , pois se nós , nos alimentarmos de animais marinhos contaminados , poderemos nos contaminarmos .

    Nome:Thamires Ribeiro N°42 2°B

  15. o que é fitoplancton?

  16. E.E. Profº Carlos de Laet
    Grande parte do lixo vai para o mar
    e na natureza onde levam muitos anos para se decompor

    -enchente
    – forte odor
    -sujeira

  17. Deve-se reavaliar o conceito do que deve ou não ser descartado , isso poderia ser uma lei para o nosso oceano pq lembramos q um mundo está ficando sem aguá então ….
    qual possibildade q termos da diminuição da aguá pótavel

  18. [...] os textos “Lixo, um novo conceito!” e “O lixo nos oceanos” para responder as questões de 1 e 2. Vejam também os filmes para [...]

  19. E.E Professor Carlos de Laet
    Eduardo da silva N°11 2° B

    Resposta: em um ano a população da região sudeste do país produz no ano cerca de 5219500000 toneladas de lixo por ano.

    Aproximadamente 475 kilos de lixo por pessoa .

  20. Eu gostaria de saber o porquê do plástico levar 450 anos para se decompor e os outros materiais também feitos de plástico terem um tempo diferente como acontece com as garrafas pets e as sacolas plásticas


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: